Missões: Refletir é bom! ♡

      Voltando do trabalho - ou andando pelo centro - sempre me deparo com algum morador de rua, e em todas as vezes que cruzo o caminho com algum deles meu coração se parte. É verídico o fato de muitos fecharem os olhos diante de situações que pedem socorro, e o mais viável é que a população olhe, e não faça nada à respeito. 

       É de partir o coração quando vejo alguma criança com àquele olhar de "Eu só queria uma vida normal, brincar, me divertir, ser criança".

       Às vezes - na maioria delas - me pego pensando em muitas coisas aleatórias, sejam elas do dia-a-dia ou não, e o que mais me incomoda é o tema deste texto. E aí surgem tantas dúvidas, e uma delas é a principal: "Porque há tantos com pouco, e outros com muito?", e pior é que nem sempre quem tem muito, dá um pouco do que tem, à quem precisa.

       Sabe essa roupa aí que você sempre diz "- Está quase andando sozinha", pois é... Deixa ela andar com outra pessoa. E essas coisas deliciosas aí, vamos repartir com alguém que também vai amar experimentar?

       Já me peguei reclamando da vida milhões de vezes, e não adianta dizer que você nunca fez isso, o ser humano é assim, por mais que tenha tudo o que precisa: Casa, comida, emprego, família, etc. Mas cabe só à nós mesmos pararmos um pouco pra refletir. E é isso que estou fazendo ultimamente - ou mais preciso, sempre que penso em reclamar de alguma coisa.

      Tenho uma imensa vontade de participar dos Hospitalhaços (Gente! Deve ser muito amor ♡), aliás... Meu cunhado tem um projeto super incrível, depois conto pra vocês em outro post. Deve ser gratificante fazer alguém sorrir, dar gargalhadas e rir até a barriga doer, ainda mais crianças que estão precisando de muito mais que atenção, cuidados ou algum tipo de tratamento, elas precisam de muito amor.

      Há tantas maneiras de ajudar alguém, basta abrir os olhos, a mente, a alma e o coração.


    

Share this:

JOIN CONVERSATION

    Blogger Comment

0 Comentários:

Postar um comentário