Clichê, porém, verídico.


       Essa noite parei pra refletir sobre um assunto muito delicado: A Amizade.

       Pois bem. Amizades vêm e vão, mas só àquelas que são verdadeiras é que permanecem conforme o tempo vai passando (Frase clichê, porém, verídica). Já tive amizades de curto período, e amizades de anos e anos. Mas sabe àquela que marca? Não existe amizade perfeita, mas podemos fazer com que a amizade seja verdadeira à cada dia.

       Simplesmente não suporto a "ideia" de ainda existirem pessoas com o mero habito de iludir num relacionamento de amizade. Porque isso ainda é tão comum?

      Só quem já sofreu com a perda dolorosa de uma amizade, ou já sentiu na pele o que é ser traído por um amigo(a), sabe o quão isso machuca. E talvez por isso eu tenha o habito de odiar as coisas erradas que vejo. E odiar mais ainda quando percebo que têm algo de errado nas amizades a fora. 

     Já tive uma "melhor amiga" durante anos - muitos anos mesmo - não tenho mais. Pois é, descobri que não existe essa de "melhor amiga", ou é amiga até o fim, ou não é!

     Só cabe à nós mesmo decidirmos quem são nossos verdadeiros amigos. E colocar numa balança os quesitos principais.

     Meus melhores amigos mesmo são minha família. Que me ouvem, dão atenção, me ajudam, aconselham, puxam minha orelha quando é preciso, apoiam, e me instruem ao caminho certo desde pequena.

     Acreditar na possibilidade de uma amizade perfeita é comum. Mas criar uma amizade verdadeira e valoriza-la é melhor ainda. 












Share this:

JOIN CONVERSATION

    Blogger Comment

0 Comentários:

Postar um comentário